O blog do divorciado

outubro 27, 2008

O amor que antes de ser já era

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 9:52 pm

Antes de pagarem a 2ª parcela do enxoval, acabou.

Melhor assim. Sem aquela história de dividir isso pra cá, aquilo pra lá…

clique na foto e saiba mais sobre o fim do noivado de Luana Piovani e Dado Dolabella. Nem precisava ser vidente pra saber que esse romance já vinha com prazo de validade prestes a vencer.

outubro 19, 2008

Cuidado, ela pode deixar você sem nada!

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 3:57 am

Vi no Blog do Paulinho.

outubro 17, 2008

Pouco espaço na cozinha?

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 4:34 pm

Este ainda é um protótipo, mas pode ser a solução pra quem mora em conjugados e precisa de espaço pra fogão e frigobar.

É um gaveteiro com rodinhas e 4 gavetas. Da primeira gaveta sai uma bandeja de aço inox. Da segunda, uma boca de forno elétrico. A terceira é uma gaveta para louças e a última, um refrigerador. Mais detalhes no site do disigner.

Vi no EuQueru.net.

outubro 16, 2008

Primeiro a Madonna, agora o David Duchvnovy

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 4:36 pm

Madonna e Guy Ritchie anunciaram essa semana que estão se divorciando. A cantora já teria oferecido ao felizardo a casa de campo avaliada em US$ 12 milhões e mais uma quantia de US$ 15 milhões, em dinheiro. Por que eu não casei com ela??

Já David Duchovny, o agente Fox Mulder do Arquivo X, anunciou a separação após sair de uma clínica de reabilitação em…. sexo!

Bem vindos (Madonna de volta) ao clube!

outubro 15, 2008

Divórcio pela internet – certidão em 1 hora. Só em Portugal.

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 12:47 pm

Matéria publicada ontem no site do jornal O Globo:

Portugal cria o divórcio-relâmpago pela internet

Um sistema adotado pelo programa de desburocratização do governo de Portugal simplificou muito um processo que costuma consumir tempo, dinheiro e nervos no Brasil: o divórcio. Em casa, no escritório ou num centro de internet em Lisboa, qualquer casal sem filhos menores de idade e sem bens para dividir pode se divorciar em no máximo uma hora. Até os casos mais complexos, que exigem partilha de bens e pensão alimentícia, por exemplo, são muito rápidos. Se ela está em Lisboa e ele, em Luanda, capital de Angola, ainda assim dá para resolver o problema.

– Não tenho que ter a chatice, não tenho que me deslocar a lado nenhum, tudo pela internet. É rápido. Em uma hora, sou uma moça solteira de novo – diz a escriturária Telma Conrado.

A novidade faz parte do programa de desburocratização de Portugal, que começou com a criação da carteira do cidadão, uma identidade eletrônica com todos os dados de cada português. O cartão funciona também como uma assinatura eletrônica. Eliminou a papelada que tinha de ser assinada à caneta.

O pedido de divórcio chega ao cartório instantaneamente. Se há pendências, o casal só precisa confirmar a decisão perante o juiz, o que pode ser feito até por um procurador.

– Eu só tenho que ir ao cartório e confimar que o casal não quer se reconciliar – explica o procurador Carlos Rocha.

Segundo o advogado que inventou o sistema, Januário Lourenço, os divórcios tradicionais eram 20 vezes mais caros.

– Eliminou a necessidade supérflua de determinados papéis, que era uma redundância. Ou seja, o Estado pedia ao cidadão para trazer papéis que o próprio Estado deveria ter em arquivo.

A novidade foi criticada por alguns advogados especializados em processos de divórcio, mas o governo português já avisou que não tem volta. Se é bom para os cidadãos, está acima dos interesses de classe.

outubro 10, 2008

Crise?

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 10:07 pm

Ouvi essa hoje na Rádio CBN, de um ouvinte:

Essa crise financeira mundial é pior do que divórcio. Já perdi metade do meu patrimônio e a mulher ainda tá lá em casa, pronta pra gastar a outra metade!

outubro 9, 2008

Free as a bird

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 12:51 am

Agora você mora sozinho e está livre pra fazer o que quiser.

Chega em casa, joga os sapatos pro alto, deixa a camisa pendurada na cadeira, a calça pendurada na maçaneta, e a cueca no chão, junto às meias. Pega um pacote de Doritos e se joga no sofá, peladão. Liga a tv e assiste qualquer coisa, não tem a mulher dizendo que quer ver novela. Doce sabor da liberdade. (*)

Mas não há liberdade maior do que cagar de porta aberta, lendo sua revista favorita, passando lá o tempo que for necessário, no maior relax, sem se preocupar se alguém tá esperando pra usar o banheiro…


(*) esse é um blog de humor e não necessariamente reflete a realidade do autor.

outubro 3, 2008

Esse Papa tem cada uma…

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 11:27 am

Acabei de ler que o Papa Nicolau Bento XVI vai promover um evento de leitura da Bíblia com diversas celebridades, entre elas o jogador Kaká e o ator/diretor Roberto Benigni. O mais incrível é que o cantor Andrea Bocelli também foi convidado para ler um trecho. Daí vocês perguntam: mas como, ele não é cego??

Sim, é cego. Mas alow!! Existe a Bíblia em braile.

outubro 2, 2008

Tutorial pro divórcio

Filed under: Sem Categoria — Léo Perrone @ 4:15 pm

Comparado às custas que envolvem um casamento, como roupas, festa, cerimonial e tudo mais, o divórcio é baratinho. Então, qual é o passo a passo pro divórcio?

Para lavratura da escritura de divórcio em cartório, são necessários os seguintes requisitos:

  • mútuo consentimento dos cônjuges, claro.
  • prévia separação de fato por mais de 2 anos, devidamente comprovada ou prévia separação judicial pelo prazo de 1 ano. A separação de fato poderá ser comprovada através de 2 testemunhas ou escritura declaratória anterior comprovando a data da separação de fato.
  • ausência de filhos menores ou incapazes do casal
  • presença de advogado

Devem ser apresentados também os seguintes documentos (original ou cópia autenticada, salvo os documentos de identidade das partes que devem sempre ser apresentados em sua via original) e informações:

  • RG e CPF, informação sobre profissão e endereço dos cônjuges
  • RG e CPF, informação sobre profissão e endereço dos filhos maiores (se houver) e certidão de casamento
  • carteira da OAB, informação sobre estado civil e endereço do advogado
  • RG e CPF, informação sobre profissão e endereço das testemunhas
  • certidão de casamento
  • escritura de pacto antenupcial (se houver)
  • descrição dos bens (se houver):
    → imóveis urbanos: via original da certidão negativa de ônus expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis atualizada (30 dias), carnê de IPTU, certidão de tributos municipais incidentes sobre imóveis, declaração de quitação de débitos condominiais
    → imóveis rurais: via original certidão negativa de ônus expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis atualizada (30 dias), declaração de ITR dos últimos 5 (cinco) anos ou Certidão Negativa de Débitos de Imóvel Rural emitida pela Secretaria da Receita Federal, CCIR – Certificado de Cadastro de Imóvel Rural expedido pelo INCRA
    → bens móveis: documento de veículos, extratos de ações, notas fiscais de bens e jóias, etc.
  • descrição da partilha dos bens, se houver
  • definição sobre a retomada do nome de solteiro ou manutenção do nome de casado
  • definição do valor da pensão alimentícia, se for o caso
  • definição de valor de contribuição para criar e educar os filhos maiores

Valor da Escritura

→ Se não houver bens a partilhar = escritura sem valor declarado: R$ 218,00
→ Se houver bens a partilhar = escritura com valor declarado, considerando-se o valor total do patrimônio, conforme Tabela de Custas e Emolumentos do Estado

Averbação

Até aí você só tem a escritura do divórcio. Mas o documento exigido para fins de comprovação de que o cidadão não é mais casado é a averbação. Pra consegui-la, você precisa levar a escritura de divórcio até o cartório em que casou e pagar mais uma taxa de R$ 40,00 para sua confecção. E mais uma taxa de R$ 26,00 pra levar o documento (se for levar 2 vias, a sua e a da ex, tem que pagar 2 taxas de R$ 26,00).

Já foram gastos R$ 284,00, fora o valor de cada cópia de documento autenticado. Considerando o valor do advogado, um divórcio custa mais de R$ 3.000,00, já que a tabela de honorários advocatícios estabelece R$ 2.900,00, mas minha advogada  só cobrou um salário mínimo. Dividindo a despesa com a ex, deu mais ou menos R$ 350,00 pra cada um.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.